Estátuas Mirins

Viajamos hoje para visitar os pais de Júnior em Ilhéus, BA. Amo viajar. Amo mesmo, desde criança. Meu pai costumava dizer que Deus não me criou com braços mas com asas. Entretanto, a viagem para Ilhéus sempre é um tanto cansativa. Com ou sem as crianças. Não existe vôo direto saindo de Recife e as escalas em Salvador para troca de aeronaves são sempre muito longas, quando você não é surpreendido no Aeroporto de Salvador com a triste notícia que, em razão do mau tempo, o avião não poderá pousar no Aeroporto de Ilhéus que é o segundo mais perigoso no ranking da Infraero (vide foto) e você terá de seguir viagem de ônibus (a visão do inferno quando você está viajando sozinha com crianças e estava preparada pra uma viagem de 1h30min que será extendida para, no mínimo 9h). Deseperador.

Mas, voltando ao assunto de viagens, depois de tantas idas e vindas nesses mais de 10 anos juntos, desenvolvemos e resgatamos muitas brincadeiras para se fazer em avião, aeroporto, restaurantes…ou seja, em lugares que nossas crianças são obrigadas a ficarem sentadinhas, quietinhas, sem fazer barulho, sem direito a correr e quando nossos aparelhos eletrônicos estiverem (ou tiverem que estar) desligados. Vamos lá?!
1 – Escravos de Jó- sabe aquela musiquinha ” escravos de jó jogavam caxangá?” Então, qualquer saquinho de salgadinho, paliteiro de mesa, batom da sua bolsa, tampa de caneta serve. Maravilha.

2- Guerra de Polegares- Já brincou de guerra de dedo? Aquela brincadeira que Xuxa fazia (entreguei minha idade) em que você segura a mão de alguém de forma que o polegar fique livre e o objetivo é imobilizar o polegar do outro sem descolar o cotovelo do corpo, só pode movimentar o pulso livremente? maravilha pra fazer em filas de espera já que eles estão em pé e há um contorcionismo natural.

3- Boca de forno- seu rei mandou dizer várias coisas que eles só podem fazer sentados, tipo, nome de três animais que voam ou morder o cotovelo:-)

4- Adoleta – dispensa qualquer explicação. Quem nunca brincou de adoleta ou de qualquer uma daquelas musicas de bater a mão (somos 4 eu com tu, tu com ela, nós por cima,  nó por baixo/ babalu é califórnia, califórnia é babalu/ soco soco bate bate soco soco vira vira…)

5- Gata pintada- Já ouviu falar? Uma cantiga que enquanto uma pessoa canta vai tocando no dorso da mão das crianças. A última em que ele tocar vai ter que segurar a orelha de quem estiver do lado da mão. Por exemplo, a música acabou e o último toque foi na mão esquerda, a criança terá de segurar na orelha direita da pessoa do lado. Até que todas as pessoas estejam segurando a orelha umas das outras e todos cantam balançando segurando nas orelhas…é legal.

6- quem fica sem piscar/rir por mais tempo- Dispensa explicação também.

Caso você tenha acesso a um lápis e uma folha de papel…(serve guardanapo).

1- Forca

2- Jogo da velha

3- Jogo dos pontinhos (necessário duas canetas de cores diferentes) – neste você faz várias colunas de pontinhos. Cada pessoa tem direito a fazer uma reta de um ponto para outro em qualquer lugar do papel. O objetivo do jogo é formar vários quadrados. Ganhará a pessoa que formar mais quadrados. O dono do quadrado é aquele que fizer o ultimo traço no fechamento dele e deve colocar a sua inicial dentro.

Bem pessoal, é isso. Espero ter dado boas sugestões para vocês. Se tiver alguma brincadeira que você nunca fez, me avise. Providenciarei uma filmagem para que você conheça a música ou a brincadeira. Se você fizer outras, me diga. Aumenta meu repertório para as próximas viagens.

Boa viagem e bons passeios.

image

image