Você Consome Ou Gera Energia Enquanto Caminha?

Se hoje fosse um dia lindo, ensolarado e agradável, você estivesse acabando de amarrar seu tênis, já no parque, e, antes de começar a alongar, você fosse ligar seu smartphone “religiosamente” para ouvir suas músicas, podcasts, ou qualquer outro arquivo e… “SEM BATERIA SUFICIENTE!”. E agora José Maria?

Já imaginou gerar energia elétrica enquanto caminha? Já passou por sua cabeça conseguir gerar energia suficiente para que aparelhos eletrônicos possam ser carregados durante suas corridinhas? Pois é, por mais que isso possa parecer estranho, muitos pesquisadores buscam modos de construir projetos com essa ideia e (pasmem) foram encontradas formas satisfatórias de gerar energia elétrica a partir de sapatos.

InStep Nanopower é um dos primeiros modelos a conseguir resultados relativamente bons. A força mecânica desenvolvida na caminhada ou corrida (com a vibração das micropartículas de metal) cria uma corrente elétrica que recarrega a bateria localizada na sola do tênis, uma sola especial com duas bolsas de plástico – no calcanhar e à altura dos dedos – que estão ligadas. Os testes mais recentes conseguiram gerar cerca de 20 Watts com o sistema, o que poderia ser suficiente para manter a bateria de um iPod.

Estima-se que os modelos, que ainda passam por teste de estabilidade na geração de energia, modos de transmissão, design moderno e outras  melhorias, chegarão ao mercado nos próximos anos, mas para isso eles ainda precisam ser aperfeiçoados.

Agora imagine você, com uma família aumentada, e todos da família passeando no parque com

tênis desse tipo… vai sobrar energia elétrica para não só carregar seus gadgets como o seu carro do futuro.

Ou, de repente, você pode ser uma das mamães ou papais deste protótipo, pois os seus criadores, Tom Krupenkin e Ashley Taylor, ainda estão

à procura de investidores para massificar este produto.

Será mesmo uma questão de tempo até esta tecnologia estar disponível a uma grande escala? Você compraria uns tênis com estas características?

Fonte: http://www.instepnanopower.com/