O Que Nunca Ninguém Me Contou Sobre a Amamentação.

Estive hoje visitando um bebê novo, delicioso, lindo e muito guloso. A Mamãe, toda orgulhosa falando como ele pegou o peito rapidinho. O papai todo feliz contando que ele só chorava pra mamar (coisas de pai que acha que vai dormir tranquilo quando chegar em casa. #iludidos). Conversa vai…conversa vem…o pai olha pra mãe e diz:  – Já faz quase meia hora que ele está neste peito. Tá na hora de mudar.

Será?? Tem certeza??? Quem disse, Berenice,?  (ops! Marca registrada).  Fiz curso de gestante no hospital Santa Joana em Recife (indico pra todo mundo, foi muito bom e GRÁTIS) quando estava grávida de João. Ouvi tudo que todo mundo fala sobre amamentação, li tudo que todo mundo indica sobre os primeiros dias com o bebê ( A Vida do Bebê de Dr. Rinaldo de Lamare é livro de cabeceira) mas quando a hora chega…aí, o Bicho pega!

Muita gente já escreveu sobre mitos e verdades da amamentação, benefícios pra mãe, benefícios para o bebê (já estamos convencidas desde sempre, afinal queremos o melhor para os nossos pequenos). Mas a verdade…a verdade…nada mais que a verdade…ninguém conta.

Vou contar!  (na minha visão, claro. Fiquem, como sempre à vontade para discordar, ou concordar, ou aumentar a lista:)

1- Amamentar Dói– Não dói pra sempre.  Mas dói. Imagina  o seu peito dentro de um aspirador de pó (ok, exagerei!) a cada 2/3 horas. É isso. Na primeira vez dói. Na segunda, dói. Vai ter uma hora que anestesia. Mas você precisa ser muito firme. Ler muito sobre os benefícios pra ter força interior pra suportar isso tudo. (felizes as que não sentem nada). No meu caso, demorou 5 dias pra os meus aspiradores de pó mirins começarem a me causar dor. Depois de 10 dias (15 dias do nascimento) estava tudo lindo e o sol brilhava de novo na minha casa (João foi amamentado até 1 ano e meio e Sofia até 1 ano e 8 meses).  Aí você está se perguntando: Tem como amenizar? Dizem que tem. Pra mim não serviu, mas pode servir pra você.  Dica #1-  Utilize uma dessas pomadas contra rachadura Lansinoh, Mater Care ou Bepantol antes do neném nascer nos seios (são as que eu conheço, tá. Podem haver outras).  Dica #2 – Comece a rezar pra você ser uma felizarda e ficar rindo desse post e não sentir nada…mas espere ao menos uma semana do nascimento do seu filho pra vir me dizer que você é uma felizarda, ok?!

2- Amamentar é um ótimo anticoncepcional – Sim, isso você já leu em vários lugares. Mas o meu motivo é diferente. Você não consegue terminar nada…se é que você me entende. Você até tenta retomar sua vida conjugal, mas aí…o neném chora…suas mamas estão doloridas…você não dorme há uma semana…você tem tanto leite que só vaza…Quer melhor anticoncepcional que esse? Dica#1 – Comece a Rezar pra que com você seja diferente…comigo não foi!

3- Não precisa reversar os seios– A não ser que o seu filho esteja de dieta, ele não vai parar de sugar você até que todo o leite tenha acabado em cada mama. Então…tanto faz o peito que você vai começar. No final ele vai ter os dois. Se você tirar o bebê a cada 30 minutos pode ser que ele não tenha alcançado ainda o leite grosso (rico em açúcar e gordura) que pesa no estômago e faz ele dormir aquele sono dos anjos por algumas horas aí…quem sabe…você pode retomar o ítem numero 2.  Dica #1 – Esqueça essa história de decorar/anotar/registrar/o peito que ele acabou da última vez. Apenas dê o que está menos dolorido.  Dica #2– Deixa ele mamar até você sentir que o peito esvaziou e está na hora de trocar pro outro.

4- Sim, seus peitos ficarão flácidos. Não, você não vai sofrer tanto assim por isso. Não adianta gente. Essa conversa de “varia de mulher pra mulher”. Não conheço nenhuma no meu rol que não tenha sofrido com a flacidez…ou já se rendido a não ter mais a flacidez com uma lipo seguida de implante. Não faço parte do show das poderosas  corajosas, então, não entrei na faca. Ainda estou na ingenuidade que o treino vai resolver. Voltando ao assunto, não adianta. Lembram do aspirador de pó lá em cima??? Vocês acham que isso não deixaria nenhuma sequela?! O importante é que eu faria tudo de novo. O corpo se adaptou para os peitões cheios de leite, esticou…não dá pra não cair, concordam? Dica #1– Não sofra. Já dizia minha vózinha: o que não tem remédio, remediado está”. Dica #2– Você escolheu ser mãe, lembra? a doação já estava implícita: O óvulo, a barriga, suas noites de sono, a rigidez do seu corpo… (mas dá pra melhorar muito, sem ir pra faca hein?! Só ter foco).

5- Amamentar NÃO é fácil. Exige uma dedicação exclusiva, muito mais exclusiva que de professor da Universidade Federal. É você saber

que pode até deixar o leite pra alguém dar, mas que ele(a) sente falta do seu cheiro e pode ser que não tome o leite que você deixou…e te liguem pedindo pra você abortar seu passeio…. É sair sabendo que precisa voltar. É tomar banho e já sair do banheiro com a roupa toda encharcada de leite e parecer que você não fez nada, afinal, o cheiro continua o mesmo. Noites de sono (é muito mais fácil dar NAN e colocar pra dormir). Dica #1– Nem sempre (pra não dizer quase nunca) o caminho mais fácil é o melhor caminho ( a não ser que você tenha gêmeos, então, nada do que eu escrevi até aqui te serve). Dica #2. Arrume um bom livro pra ler, deixe do lado da cadeira. Arrume um joguinho no celular, no tablet, baixe revistas, livros, app educacionais, qualquer coisa que faça você se sentir acordada (para as mamadas da madrugada) e útil durante o dia. Mães sim, desinformadas NUNCA!

6- Comida e Bebida que dá mais ou menos leite é conto da carochinha. A produção acontece pela frequência das mamadas. Ofereça ao bebê quantas vezes ele pedir (mas não deixe ele fazer de chupeta). Lembre-se que você é a água, a lasanha, a sobremesa…e tudo mais. Então ele pode estar só afim “de comer uma coisinha”…nada demais. Não custa nada! Cerveja Preta ? (oi? deve ter relação com as amas de leite da escravidão, né?) Canjica? (uma delícia, pode comer) e outras coisas mais…coma se quiser. Mas não vai adiantar muito na produção não. Dica #1 – Beba água e suco o quanto puder. Dica #2 Ofereça o peito o quanto puder.

Não se assuste. Alguém precisava falar pra você a verdade. ” Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará…” é bíblico isso… Você sabe exatamente onde está entrando e conscientemente, o que  é melhor.

Que você seja uma ótima “mãe de leite” para o seu filho. Esta, definitivamente, é a sua segunda prova de amor. A primeira foi esperar 9 meses por essa coisinha fofa, não acham?