O Que Não Pode Faltar Para Um Recém-Nascido (lista de uma mãe minimalista)

Segundo o dicionário, meu eterno companheiro, minimalista é ” pessoa ou ambiente que preza detalhes. Geralmente desprovido de excessos”. Tenho certeza que me enquadro nesta categoria quando a palavra é compras para filhos. Acredito mesmo que precisamos de muito pouco para viver bem e feliz…desde bebês. Na semana passada, eu apresentei aqui um post sobre coisas que você NÃO vai precisar para o seu recém-nascido e chegou a hora de falarmos então daquelas que você REALMENTE vai utilizar…e muito.

Como grávida você já deve ter lido, pesquisado, ouvido conselhos (esses sem pedir mesmo) do que comprar para o enxoval do bebê. Uma lista quilométrica que, te garanto, de 20% a 30% não será utilizado ou será utilizado, quiçá, uma vez  e colocado na caixinha do bebê para outra ‘eventualidade’. Que tal economizarmos dinheiro? Aqui vai a minha listinha MUST HAVE para enxoval (meus conselhos que você também não pediu mas, se você ainda está lendo as coisas que essa pessoa insana e com dois filhos escreve, pode ser que lhe seja de alguma valia).

Às mamães de plantão que já nos acompanham, sugiram…deem seus conselhos (ou critiquem os meus).

Meu primeiro conselho é: VOCÊ NÃO PRECISA COMPRAR TUDO ANTES DO BEBÊ NASCER.  Seu bebê não rolar antes dos 3 meses, engatinhar antes dos 6 ou comer com garfo e faca com 1 ano…então…seja razoável. Compre de acordo com a necessidade dele (e sua). Talvez você nem precise de uma grade de porta ou de chupetas. O segundo ponto para você controlar sua ansiedade é:  A NÃO SER QUE TENHAMOS UMA ATAQUE APOCALÍPTICO DE ZUMBIS as lojas ainda estarão vendendo tudo que você precisa para suprir a real necessidade e pode até ser que já haja lançamentos que atendam melhor ao que você precisa se comparados às com meses de antecedência.

Na verdade…na verdade…bebês saudáveis se encaixam na categoria dos portáteis, ou seja, você até pode levá-lo para comprar um novo pente ou um cortador de unhas ou ainda uma mamadeira. Você também pode mandar o pai ir comprar, assim ele se sente mais útil nessa nova realidade familiar (ELES PRECISAM DE MIM!)

Sem mais delongas, essa é a minha lista de coisas que você REALMENTE PRECISA COMPRAR ANTES DO BEBÊ NASCER e eu encerro com a última ressalva. É a MINHA lista. Cada bebê é único com necessidades diferentes em tempos diferentes. Pode ser que ela não sirva…100% pro seu bebê…pra sua família…mas espero que alguma coisa possa ser realmente aproveitada.

3 sutiãs de amamentação  – Invista em boas marcas. Mas não compre muitos. Você só os utilizará na rua mesmo…então não precisa de tantos.

4 a 6 macacões de recém-nascido – Eu gosto deles longos para a noite com os pezinhos para não correr o risco da meia sair do pé. Há algumas mães que preferem comprar calças e camisas também. Eu prefiro os macacões por um único detalhe: Eles não podem rolar e nunca estarão com a barriga de fora durante a madrugada ou no braço de uma visita desengonçada.

4 a 6 bodies curtos Se você mora no Nordeste ou se o seu bebê nascerá no verão, você irá me entender em 15 dias. A não ser que você pretenda deixá-lo no ar condicionado o dia inteiro (não recomendado pelos pediatras considerando a umidade do ar), eles precisam se sentir numa temperatura mais amena então, body curto e meias é A (maiúsculo) melhor combinação para esses pequeninos.

3 mantas – Não há necessiade de mais do que isso. Invista em apenas uma chique pra saida da maternidade…batizado… apresentação… escolha duas outras que cumprem sua função. Mantinhas que aquecem o bebê para que possam dormir. E ponto final.

Fraldas para recém-nascidos – Mesmo que você tenha escolhido utilizar fraldas de pano (não foi o meu caso, ok, gente?!) Sugiro que você compre, ao menos, 1 pacote de fraldas para recém-nascidos.  No Chá-de-fraldas ganhamos de todos os tamanhos, menos para recém-nascidos porque muitas vezes eles já nascem num tamanho que a P pode ser utilizada. Mas não podemos garantir…então…melhor prevenir.

10-12 panos de bocaPara limpar aquele leitinho escorrendo no canto da boca que eles adoram deixar guardado com medo de morrerem de fome (só pode). 

Bebê-conforto- Nem dá pra discutir. Não vejo a necessidade de um bebê-conforto que vem com o carrinho. Eu não utilizei o carrinho com meus filhos. Comprei…mas não utilizei como sonhei. João odiava o carrinho. Com Sofia, já comprei o carrinho guarda-chuva quando ela fez 6 meses e finalmente poderia ir passear em lugares que o carrinho era possível de ser utilizado. As calçadas de Recife não ajudam muito…veja a sua realidade.

SLING– Esse eu indico a todas as mães. Usei…usaria de novo… Fácil de carregar o bebê pra todo lado. Ainda protege daquelas pessoas SEM-NOÇÂO que querem vir mexer na mão do bebê, no rosto to bebê. Como ele está grudadinho em você, já inibe a ação dessas criaturas DO ALÉM. Deixo aqui no final alguns links do Youtube pra vocês verem os tipos que existem e como colocá-los. Eu utilizei até minha filha fazer quase 2 anos. Era um ótimo apoio pra mim que tenho problemas de coluna.

Um Berço (normal ou de viagem) – Para João eu comprei o normal, pra Sofia eu comprei o de viagem  (foto abaixo). Era mais fácil quando viajávamos, eu já sabia que ela, depois de um ano, já poderia ir pra cama e o preço era muito melhor até porque depois ele viraria um cercadinho que eu poderia arrastar por toda a casa e vê-la dormindo. O objetivo de comprar um dos dois ( NÃO OS DOIS), é que bebê tenha um lugar seguro para dormir, sem risco de queda ou sufocamento e assim, a mãe pode descansar também.

Livros – Eu não poderia deixar de indicar às futuras mamães livros que podem te ajudar num momento de dúvida ou que você queira formar sua opinião a respeito de um determinado assunto. Então, aqui vão alguns livros que podem ajudar na manutenção da sua sanidade mental.

Outros itens que eu julgo essenciais para  a minha realidade de amamentar meus filhos por muito tempo.

Absorvente de seios – (eu sou uma vaca leiteira então, se não utilizar, fico encharcada)

bombinha tira-leite – No meu caso o objetivo de tê-la já como recém-nascido é que a minha produção de leite era muito alta  e João não dava conta, então eu precisei retirar para doar senão ele “pedraria” (não sei se existe um termo mais tecnico). Mas eu só comprei quando percebi que tipo de vaquinha mimosa eu seria. Espere pra ver a sua produção e o consumo do seu filho. Se precisar, invista em uma boa.

Banheira com ou sem trocador, a depender da escolha da mãe na decoração do quarto –  Não preciso explicar muito, não é?!

Almofada de amamentação ( que pode ser até utilizada para apoiar a cabeça do bebe como na foto) e uma cadeira confortável para amamentar. Daquelas que as pernas ficam levantadas. Se você já tem, não precisa comprar outra. utilize a que já tem.

E aí, meninas? aprovam a lista, sugerem mais algum item essencial?

videos de como utilizar os SLINGs