Jogos educativos online: Consolidando conhecimento com prazer

“Memória é a capacidade de adquirir, reter e evocar, quando necessárias, informações que de alguma forma são relevantes” (Aurélio).

O funcionamento do cérebro, no tocante à aprendizagem por prazer, é algo que muito me atrai. Tenho a oportunidade de conviver, em razão do meu trabalho, com doutores da neurociência e, com eles, eu aprendo a melhor forma de ensinar e seguir no fluxo certo do cérebro para proporcionar uma aprendizagem real, não decoreba, para o meu filho. A ciência já comprovou que a memória é limitada, mas não a quantidade de informações a que somos bombardeados no dia-a-dia. E daí vem a pergunta: o que guardamos para a vida? Quem ou o que determina que a informação que eu fui exposta no dia de hoje será transformada em uma memória de longo prazo e não apenas uma decoreba pra tirar 10 na prova e nunca mais precisar utilizar?

A resposta é muito simples: Aquilo que aprendemos com prazer,que mexe com o nosso emocional (pro bom, não pra odiarmos a matéria), que aguça a nossa curiosidade.  Aquilo que nos faz utilizar o raciocínio e não o mecanicismo. Aquilo que nos impele a querer saber mais.  E você acha que isso é fácil? Claro que não. Especialmente na idade dos meus filhos, 2 e 5 anos, cujo nível de abstração é praticamente nulo. Aprender conceitos matemáticos, científicos, de língua português é algo muito complicado, se você se basear na regra e não no uso social da informação.

Somos felizardos de podermos confiar plenamente na direção pedagógica e nos professores da escola dos nossos filhos. Mas mesmo tendo toda a confiança do mundo e acompanharmos de perto como eles se esforçam para desenvolver uma aprendizagem prazerosa  e significativa, sempre podemos ajudar. Meus filhos adoram tecnologia. Se não controlarmos eles querem passar o dia lá, migrando de tablet pra smartphone, de smartphone para computador, de computador para tv. Por isso reduzimos o uso de tecnologia a duas horas por dia mas uma dessas duas horas tem um intuito mais educativo.

Se você acha que a internet poderia ajudar seu filho a consolidar alguns dos conhecimentos adquiridos na escola, divido aqui com vocês uma lista de joguinhos de português e matemática. Existem outros dentro do site, mas considero esses mais legais (porque testei com meu filho ou eu mesmo os testei).

Um dado curioso para você: A dopamina é um dos hormônios responsáveis pela sensação de prazer e bem estar. Ela é liberada tanto no uso de drogas quanto na aprendizagem prazerosa. Costumo dizer que ser picado pelo bicho da educação é algo sem cura. Estou expondo meus filhos a toda e qualquer possibilidade pra que essa picadinha aconteça. Quer se juntar a mim?

PORTUGUÊS

Jogos do plural  – Aprender plural e suas regras ficou muito mais fácil. Você vai só revisando, brincando e se quiser saber da regra gramatical, ela está ali, disponível a um clique.

Jogo do coletivo – Aprender coletivo com o jogo da forca é bem legal também.

Memória do Gênero – Presidente ou presidenta? embaixadora ou embaixatriz? Aprenda com o jogo dos gêneros

Antônimos – Qual o oposto de Incapaz? de tolerante? Jogando e descobrindo.

MATEMÁTICA

Feche a Caixa – 2+2 = 4/ 1+3 = 4/ Como entender as diversas possibilidades de formar o mesmo número? Fazendo testes, experimentos com dados. Maravilhosos esse jogo da Nova escola.

Memória da Subtração – Pra quem está aprendendo a subtrair, esse é um jogo muito legal.

Jogo da cerca – Estratégia é a alma deste jogo para alunos da pré-escola. Criando cercas os animaizinhos ficam na fazenda.

Tabuada – Pra quem já adentrou neste mundinho do decoreba, que tal o exercício um pouco acima da média. Ou ainda este para as crianças mais velhas

Jogo da memória personalizado – Você mesmo monta o seu tabuleiro, você mesmo escolhe onde cada carta irá que pode variar em três temas (formas geométricas, conto de fadas e pegadas de animais) e pronto. Pode começar a brincadeira. Será que você tem mesmo boa memória?

Castelo numérico – Um príncipe que tem 100 quartos no seu castelo e o numerou, mas esqueceu de colocar algumas bandeiras. Você escolhe se ele esqueceu 5 ou 10. O objetivo é ajudá-lo a completar a sequência com o número que está faltando.

Horas – Pra quem está aprendendo as horas.